NEWSLETTER
Cadastre seu e-mail:

Divulgação - TV Aparecida
 
MANCHETES

» 11/04/2018 - 17:14
TV Aparecida exibe especial sobre drama dos refugiados venezuelanos

Dividido em vários episódios, “Desafios da Igreja” tem a finalidade de mostrar como atua a instituição religiosa diante de problemas sociais. O programa que vai ao ar nesta quinta-feira (12/04), às 21h30, na TV Aparecida, intitulado “A Fronteira da Esperança”, traz como tema as dificuldades dos refugiados venezuelanos no Brasil. 

A atração faz parte da programação especial da emissora na cobertura do grande encontro de líderes da Igreja Católica, a 56ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), na cidade de Aparecida, entre 11 e 20 de abril.

Produzido pela equipe de telejornalismo da Rede Aparecida de Comunicação, a produção mostra a forma como a Igreja Católica atua em temáticas relacionados aos direitos humanos e à preservação da dignidade das pessoas.

A Fronteira da Esperança mostra o drama dos venezuelanos que estão sendo obrigados a deixarem seu País e buscarem refúgio em nações vizinhas. Sem comida, sem remédio e sem direito de ter voz, no Brasil, eles atravessam a fronteira, que fica na cidade de Pacaraima, no norte de Roraima, na esperança de encontrar uma oportunidade de trabalho para poder mandar dinheiro para a família, que ficou para trás, e uma oportunidade em poder recomeçar.

O especial mostra que ao chegarem ao Brasil os refugiados se deparam com abrigos lotados, em casas com até 30 pessoas ou acabam ficando nas ruas e praças. A ausência do poder público brasileiro coloca vidas em uma situação de pura vulnerabilidade social, sujeitos a qualquer perigo, entre eles, o tráfico humano e a prostituição. Diante de um cenário de descaso, a única ponta da esperança está no trabalho da Igreja e da sociedade civil, que fazem o que podem na tentativa de lutar pela dignidade do ser humano.

HOME         MANCHETES        BLOG FABIOTV       CONTATO        PUBLICIDADE

2007 - 2018  fabiotv.com.br - Todos os direitos reservados.